sexta-feira, julho 15

Crianças a Morrer... Bolsos a Crescer!


Segundo a Agência Lusa, “As Nações Unidas alertaram para os «graves» indicadores de nutrição infantil em Angola, onde por mês morrem em média 200 crianças, nos 26 centros que funcionam com o apoio do Fundo da ONU para a Infância (UNICEF).“

E no entanto, numa edição do Semanário Angolense deste mês, podemos ler:
“Dez angolanos têm fortunas que ultrapassam os cem milhões de dólares, enquanto outros 49 têm mais de 50 milhões de dólares. À cabeça da lista dos mais ricos está o Presidente José Eduardo dos Santos, seguido de um deputado parlamentar, dois oficiais do seu gabinete, um embaixador, um antigo chefe militar, um ministro das obras públicas. Os sete angolanos mais ricos estavam todos no Governo no início deste século.
Países como Angola, ricos em recursos naturais, sofrem muitas vezes da maldição dos recursos, afirma McMillan (académico), acrescentando que "a dependência de recursos está relacionada, em muitos países, com a corrupção e falta de democracia. Num ponto intitulado "o potencial perdido de Angola", o académico escreve que "as exportações de petróleo foram em 2002 da ordem dos sete mil milhões de dólares e as dos diamantes na ordem dos 800 milhões, trazendo o petróleo e os diamantes cerca de 700 dólares por cidadão". Mas, sublinha, que "70% dos angolanos viviam com menos de um dólar por dia".

Eu questiono: Onde estão os 699 dólares que falta a cada Angolano? Alguém sabe??? Todos sabemos mas até quando vamos tapar os olhos e vamos ficar de boca calada???

Ainda neste semanário, um artigo dedicado às receitas do petróleo, cita a ONG Global Witness, para referir que "as autoridades suíças e francesas identificaram dezenas de milhões de dólares de José Eduardo dos Santos em contas privadas no Luxemburgo e nas Ilhas Caimão". E acrescenta que o "FMI pressionou Angola para abrir os seus registos e tornar as operações do Governo transparentes. Mas acusando o FMI de interferir na soberania de Angola, o Presidente dos Santos recusou"

Outro semanário, ANGONOTÍCIAS cita McMillan (Economista Americano) a propósito de uma investigação ao dinheiro proveniente do Petróleo Angolano, McMillan cita estudos que dão prova de um depósito de 13 milhões de dólares, feito a 15 de Julho de 2002 pela companhia petrolífera Norte-Americana Marathon numa conta no "TSB Lloyds Bank of Jersey" , a favor da Fundação Eduardo dos Santos. Os 13 milhões de dólares correspondiam a um terço de um bónus de assinatura do contrato de concessão atribuída àquela petrolífera. McMillan diz que Jersey é uma ilha do Canal da Mancha frequentemente escolhida por figuras envolvidas em lavagens de dinheiro.

O estudo de McMillan alude, também, a investigações de instituições judiciais Francesas e Suiças que teriam descoberto o descaminho de dinheiros públicos Angolanos para contas de altos dirigentes Angolanos no Luxemburgo e nas ilhas Cayman. O caso Angolagate vem à baila.

Estes dados só dizem respeito a contas bancárias, imaginem o que os nossos Governantes não têm em património: Propriedades (Casas, Quintas, Apartamentos), Barcos de Luxo, Carros de Luxo, Jóias, Acções e Participações em Empresas... etc.É por isso que Angola está onde está!!!

6 comentários:

Anónimo disse...

Acho bem que haja um lugar como este onde se possa falar destes assuntos que todos sabemos e fingimos não saber. Infelizmente somos cobardes e deixamos que os nossos Governantes nos roubem a força toda. A culpa destas criançinhas que morrem todos os dias também é da sociedade que vê e sabe o que eles fazem e fica calada e sem agir.

Pelusa disse...

Infelizmente eu tenho a certeza que quem hoje critica,e se amanhã estiverem no mesmos lugares ocupados por quem criticam actualmente...e muitos estarão,farão exactamente igual aos actuais.O problema é que não são passados de pais para filhos os melhores exemplos...nem numa familia rica ou numa familia pobre.A mensagem é igual em ambos os casos:"Se pudesse também roubava.Eles é que fazem bem.Se fosse eu também roubaria!!".E desta maneira a poxima geração será exactamente igual a actual.Não vale a pena iludirmo-nos e pensarmos que vai mudar, porque não vai...Angola terá de contar com a sorte de empossar em futuros governos gente honesta e que tenha um espirito generoso e que pense muito além do seu umbigo,que pense em ajudar os outros sem o intuito de receber algo em troca.Em todo o mundo há corupção,mas em muitos paises e com menos riqueza que Angola,as familias conseguem viver minimamente abastadas e não deixa de haver corrupção.Querem roubar?Roubem mas roubem de maneira que prejudiquem o minimo possivel um povo que viveu um guerra civil durante 30anos(quando começou,eu não sonhava ser nascido).Reconstruam as provincias,as casas,as pontes,as estradas,as escolas e construam mais,invistam no ensino superior,na agricultura...criem condições para as populações regressarem e se fixarem nas suas provincias.Isto terá um custo muito elevado mas mesmo este custo sendo enorme,ainda sobrará muito dinheiro no orçamento de estado e aí façam o que quiserem mas criem condiçoes para o povo produzir e viver com dignidade.Abraços

M.G disse...

Eu vou me limitar a concordar em genero, numero e grau com o Pelusa....

RP disse...

N acredito q tenha d ser assim! N acreditos q tenhamos TODOS de ser como dizem!E que o nosso destino não está nas nossas mãos! Recuso-me a entregar o controlo da minha vida a outra pessoa q n eu porque em ninguem eu confio mais do que em mim próprio para a controlar e decidir o q com ela fazer. Antes de dizer-mos q é tudo muito bonito mas se tivessemos a oportinidade farias o mesmo senao pior, temos d nos perguntar em qm confiamos p defender a nossa vida, a nossa integridade, o nosso património, o nosso lar, os nossos direitos.... Se for em quem o diz fazer, entao podemos continuar a SUB-VIVER desta forma humilhante q se tornou parte da identidade da nação angolana; se apenas em nós confiamos p o efeito, q esperamos para tomarmos as redeas das nossas próprias vidas? ? Q esperamos? Acabar o curso? Ter mais idade? Ter um bom emprego? N sofrer represálias? Se for este o caso o melhor é ficarmos timida e cobardemente quietos e esperar q ngn nos faça muito mal... apenas o necessário p continuarmos a SUB-VIVER! O q podemos então fazer? SER A MUDANÇA QUE QUEREMOS VER NO MUNDO!!! Tudo começa em casa em gestos simples e conversas com os "mais velhos", sem medo dar a nossa opinião, sem medo de levar uns tabefes; reavaliamos os nossos valores e vemos se o k temos feito até hoje nas nossas vidas contribuiu de uma forma diferente, para além da "remar na direcção das onds pq é mais fácil", para alterar o q seja ns nosso país!
Tal como quando acabam os cursos e fiacam a espera q elhs arranjem emprego ou k lhes apareça emprego e dps acabam por fazer, por vezes algo que n gostam ou nunca sonharam, n podemos ficar a espera q o Estado faça tudo! Acho k foi Ronald Reagan q disse:" N perguntes o que é a América poder fazer por ti! Pergunta-te antes o que é q tu podes fazer pela América" E em Angola tem de ser diferente porquê? Porque estamos a espera sempre de qq coisa ou d alguem? Se conseguirmos o tal emprego q no prometeram, ou as tais condiçoes ou o tal salário, estaremos apenas a entregar o nosso destino e as nossas vidas ao controlo de outra pessoa q n nós. E se depois essa empresa fecha? E dps se o Director é substituido? Se o gestor for exonerado? E o Ministro cair? Acham mesmo que ainda teremos o tal emprego? o tal salário? Ou as tais regalias? N! Porque nessa altura já haverá outra pessoa q tmb estava a espera do teu emprego e das tuas regalias. E porquê? N sabes mesmo? N te faz lembrar ngn...? E depois tu q n fizeste poupança para os tempos mais dificeis... tu que tens espírito empreendedor... tu q n sabes liderar... tu q n sabes gerir... tu q n és flexivel... q n tens mais "expediente".... pensem nisso!

As coisas só acontecem porque insistimos em cometer todos o mesmo erro, remar com a maré porque é mais fácil! Esquecemo-nos q nem sempre a maré nos leva a bom porto. Ficamos à deriva anos, alimentados duma ilusão salgada que havemos de lá chegar se continuarmos assim, antes d no afundarmos completa e tristemente...

"SÊ A MUDANÇA QUE QUERES VER NO MUNDO!!!"

A quem entregarias o controlo da tua vida? Em q mãos humanas porias o teu destino?

Eu, só a mim confiava o meu destino!

Pelusa disse...

Muito bem dito e pensado rp!!Mas muito fora da realidade.Será que tens os pés assentes na Terra??Tenta lidar com os filhos dos actuais dirigentes e verás que 95% é tal e qual a descrição que relatei no outro comentario...e por isso eu escrevi e disse...queira Deus(no qual não acredito)que Angola tenha sorte de empossar para cargos importantes na vida das populaçoes,pessoas com descernimento intelectual e cultural para ajudar os outros o mais que conseguir...e como sou pessimista de natureza(assim conto sempre com o mal,e o que de bom surgir será um agradavel excesso) sabemos que depois dos actuais serão os filhos dos actuais e mais tarde os netos dos actuais e assim sucessivamente.
Tudo mundo confia nele proprio...mas deixo aqui um desafio para ti...experimenta informar.te do que é necessário para existir mais uma rede movel em Angola e verás que é tudo muito simples na teoria...e na pratica?...e a quem pertence??Já agora...ADSL em Angola??Os preços são o que são pq??Pq so existe uma empresa do genero.Cada vez mais desconfio que existe um MONOPOLIO ANGOLANO e que ja foi tudo comprado e que somos só peõs que vamos caindo nas "casas" e temos de pagar...
Sem me alongar muito mais...Um abraço

RP disse...

pelusa meu caro, os americanos têm um dito: " the greatest con that the devil ever pulled was making the world belive that he didn't exist" Já deves ter ouvido isto certamente.

E eu acho que pior q a censura é a auto censura, a auto mutilação do nosso potencial, a auto limitação. A alma dos humanos é grande se assim quiserem, mas tmb poder ser pequena e mesquina se ele n lutar contra isso, é uma tendencia.

Se me permites, gostiria de te recomendar um livro que acho que deverias ler mas sem antes te dar um conselho spbre o mesmo: lê o livro de alma aberta. Tenta acreditar no que lês enaquanto o lês.

Só sei o titulo em português: "O aprendiz de milionário". N me perguntes editora nem autor pq já n me lembro. Se já o leste: relê o livro!

abraço

RP