quarta-feira, fevereiro 8

Desabafos Angolanos… Crónicas de um fracasso... Será o fim do Blog???



Este Blog nasceu em Julho de 2005, é um espaço que se quer transparente, isento e sério. Sem conotação política, essencialmente direccionado para a interacção da sociedade Angolana que anda por aí neste mundo, longe de casa, sem saber o que se passa na Banda. Tem no momento em que escrevo este post, 9720 visitas.
.
É um espaço aberto a todos que abracem a causa angolana e queiram deixar aqui o seu contributo em forma de “post” ou comentário. No entanto não vejo participações. Entristece-me participar num projecto de todos, saber que somos milhões e apenas uma minoria a participar. Entristece-me ver os números do contador a subir sem resultados práticos, sem comentários… sem os vossos post’s para publicar.
Os números de visitas crescem todos os dias, a toda a hora. Dizem-me que há leitores a ler… Se sabem ler também sabem escrever... então porque não escrevem???

Os leitores são de diferentes partes do globo. São amigos de África, dos Palops, e dos Angolanos. Em comum temos a Língua Portuguesa, a de Camões, esse grande poeta! E o sonho de que um dia África terá a paz e o progresso que tanto merece!

Angola, esse pequeno gigante adormecido, está amordaçado por todos! Amordaçado por uma classe governativa que despreza o povo e Angola, e por um povo que despreza Angola e a classe governativa. O povo não sabe o poder que tem na mão, vive à margem dos seus destinos!!!

São os políticos que dirigem o nosso destino! São eles que decidem como, quando e onde!
Por trás de todas as escolas e faculdades, de hospitais, estradas e pontes, por trás de todos os acordos de investimento que criam postos de trabalho e por trás de todos os contratos de prospecção de petróleo e diamantes está um político que deveria ter o nosso crédito, mas não tem!!! E por trás de todos os políticos deveria estar um povo. Mas em Angola não está!!!

QUEM CALA CONSENTE!
.
Se o nosso filho nos tira todos os dias uma pequena quantia monetária, ao fim de algum tempo, sem que a gente tome qualquer atitude, esse valor vai aumentando! Aumentando, até que a gente lhe dê um castigo, um simples puxão de orelhas! Aí ele vai parar.

É isso que eu peço a todos os leitores. Um castigo em forma de participação neste Blog! Está nas nossas mãos, e desengane-se quem achar que não! Mas atenção… um castigo não é uma revolta, não é qualquer forma de violência física ou verbal. Um castigo é agarrar numa caneta e escrever a quem de direito, é pegar no microfone e denunciar o errado, dar a conhecer a todos a verdade dos factos. Doa a quem doer! Um castigo é simplesmente SER CIDADÃO, é exercer as suas funções todos os dias, 365 dias ao ano!

Escrevam… Leiam… Escrevam para o blog, para o jornal, para a rádio, escrevam letras de músicas. Leiam os blogs, leiam os jornais. Algum dia… algum dia quem de direito vai perceber que nós, os "pais desta Angola", estamos atentos e zangados, e lhes vamos “puxar a orelha”.
.
O político só tem lugar entre nós porque nós existimos, não o contrário! No nosso país confunde-se governar com reinar, porque nós permitimos! O cargo deles existe para nos servir, mas a lavagem cerebral ao povo é de tal maneira eficaz e convincente que neste momento o povo serve a classe política.

Nenhuma democracia sobrevive quando a própria sociedade sucumbe em inércia. Cabe-nos lutar por aqueles que não têm faculdades, por aqueles que não têm estudos nem intelecto, que são nossos irmãos de sangue ANGOLANOS e não tiveram a sorte de progredir nos estudos (como nós). Somos alguns (poucos) felizardos que conseguimos estudar, vamos usar esse estudo para mudar o destino da nossa terra.
.
Caros leitores, amigos e visitantes, durante 9 Meses tentei que este espaço tivesse qualidade. É um espaço plural como já constataram!
Como a participação é baixa (em termos do vosso contributo em forma de post’s ou comentários) vou dedicar-me menos. Peço desculpa se não fui ao encontro das vossas exigências. Peço desculpa pela causa que, ao que parece não é interessante. Tentei manter o Blog atractivo, na forma e no conteúdo, tentei diversificar os temas, tentei mantê-lo sempre actualizado, mas por forças maiores (trabalho e exames) vou ser obrigado a reduzir a minha dedicação. Vou actualizá-lo menos vezes do que as que gostaria. A não ser que os leitores ganhem coragem, vençam o medo de escrever e enviem os vossos desabafos.

Escrevam e enviem. Participem, critiquem… não basta tirar um curso, ser Médico ou Engenheiro e fazer parte da JMPLA para voltar ao país com o sentimento de missão cumprida. Não se iludam se pensam que isso basta. SEJAM CIDADÃOS! Libertem a vossa mente!
.
Os temas dos post’s são do critério de cada um, só têm a obrigação de ter uma abordagem à sociedade angolana. Não se pedem artigos PULITZER nem se pede que tenham mais do que 4 linhas, apenas se pede conteúdo para que este blog sobreviva.
.
Não, não vamos mudar Angola com um Blog!
Não, também não teremos estátuas ou feriados em nossa homenagem!
Não, amanhã ninguem se vai lembrar do que a gente escreveu ontem!
Mas mesmo assim acho que vale a pena tentar...

Poderei nunca postar num livro de história, mas saber que fiz algo para alterar o seu curso, só isso já me faz dormir mais tranquilo à noite.
.
Aflige-me que uma sociedade viva à margem de tudo aquilo que lhe é inerente.

UM APELO… UM LAMENTO…
.
Apelo ao leitor e ao comentarista. Apelo ao Escritor e ao curioso. Apelo ao visitante e ao Estudante, ao Engenheiro, ao Doutor, ao Operário e ao Artista. Apelo ao Militar, ao Bombeiro, ao Camponês, ao Enfermeiro, ao Polícia, às Massas … à Sociedade.
.
.
Alguns ingredientes para cozinhar um post:
Escolher um tema: Um episódio real, um acontecimento, uma noticia, uma frustração.
Traçar algumas ideias gerais: Introdução, desenvolvimento e conclusão.
Documentar-se: livros, fotos, artigos publicados em jornais ou revistas.
Grafia: Cuidada, basta ter uma versão actualizada do Word com dicionário em Português!

15 comentários:

ELCAlmeida disse...

Meu caro, quem teve o impacto que teve no Best of Blogs não pode nem deve acabar.
Por mim, e como sabe, tenho um blogue o que, naturalmente, não coloque aqui apontamentos novos. Mas sabe que pode, e sempre que quiser, retirar algum dos meus.
Por outro lado, veridica-se que há pessoas que parecem querer deixar aqui queixas suas.
E nós sabemos que muitos não o fazem mais, nomeadamente de Angola, devido às dificuldades com o sistema informático.
Por isso não desanime e mantenha este belo espaço que é nosso e de todos.
Um grande e fraterno kandand.
Eugénio Costa Almeida

Olho Atento disse...

Caro Mn
O teu grito é também meu. Criei meu blog sem conhecimento de que o "desabafosangolanos" existia. E como sabes, tento, sempre que posso, mandar-te crónicas que se adaptem ao modelo do blog que geres. Tenho publicitado o "desabafos" ao nível das duas faculdades que frequento. A tua (vossa) luta é também minha, portanto a do "olhoatento". Vamos trabalhar com a consciência de que não mudaremos o mundo, mas algo está a ser feito.
Força irmão.

Soberano Canhanga

Anónimo disse...

Tens toda a razão de estares aborrecido..... eu pessoalmente tenho estado pouco disponivel p benefeciar do trabalho que tu tens vindo a desempenhar com o teu blog, mas não podia deixar de te dizer que é uma actitude louvavel e mereçedora de todo o respeito e que por isso não se deve perder!! por isso não desanimes, eu pessoalmente irei voltar a dedicar uma especial atenção a este espaço que, acredita, é muito importante......
sem mais

Saudações M.G.

Cláudia Reis disse...

Sabes k mais...este seu post foi brilhante...adorei a parte em k "nenhuma democracia sobrevive quando a propria sociedade sucumbe em inércia"...fabulástico caro MN e tenho k me desculpar por estar tao ausente, no entanto meu caro, prepare-se... Post under construction...soon in your screen!!! ;)

Denudado disse...

Caro MN, como poderei eu desabafar aqui, se nem sequer sou angolano?

Eu enviei uma contribuição para o seu blog, porque achei que seria interessante divulgá-la entre os angolanos, já que tratava de um episódio respeitante à história recente de Angola. Não a publiquei no meu próprio blog, porque ele não tem nenhuma projecção em Angola, ao contrário do seu.

Seja como for e embora não o conheça pessoalmente, dou-lhe toda a autorização para roubar material ao meu blog sempre que entender.

Um abraço

Phwo disse...

Caro MN,
Sem te conhecer pessoalmente sinto-me, através do teu blog, familiarizada contigo e com as matérias que para aqui vens trazendo.
Embora em silêncio, este sítio é uma passagem obrigatória nas minhas curtíssimas rondas pela blogosfera.
Não desistas, pois aqui vais partilhando conosco o que é teu.
O meu blog não conta com muitas visitas e não é por isso que desisto. Tenho os meus visitantes fiéis e é para eles e para mim que escrevo.
Um beijo para ti, amigo, e nada de desanimar. Foi o que me ensinou e tem ensinado a minha experiência de Angolana a viver no "terreno".

Nuno Reis disse...

Caro MN, gostaria de felicitar-te em primeiro lugar pela brilhante ideia da criação deste espaço de desabafo. Não vamos desistir agora, neste momento és a "voz" de todos aqueles que aspiram uma Angola melhor, por isso queremos continuar a contar contigo para esse "grito de revolta" acerca dos males que atingem todos nós de uma forma directa ou indirecta. O teu desabafo no teu próprio blog é bem vindo e vai fazer com que muitos de nós tomemos uma atitude mais dinámica em relação à expressão daquilo que está errado na sociedade angolana e precisa de ser corrigido. P.S. continua a trilhar este caminho e obrigado por nos dares um espaço para participarmos todos nestes desabafos...

Piti disse...

Acabar porqu^^e? S´´o porque n~~ao aparecem coment´´arios? Este ´´e de longe o melhor, mais l´´ucido e realista blog sobre Angola Vejo nos coment´´arios que abundam na blogosfera que a maior parte dos que os escrevem o fazem s´´o porque... gostam de dizer coisas.
Mas se o preço para continuar ´´e enviarmos coment´´arios, conte connosco -- mas n~~ao acabe.

Mankakoso disse...

Môs kambas. Tou xêgare aki apenasmente pra vos komunikar que u Mankakas mudou de kimbo. Agora vale a pena de mudarem a sua diréçaum internética.
Bazei!
Tou no meu kubiku. Surjam lá ke serão bem-vindus.
http://mankakoso.blogspot.com/

Mankakoso disse...

Vortei atrás. Mô bróda MN, não vale a pena desistires déssa brógue. Us teu opinião é bué importante pras massas saberem as várias facétas da nóça país.
Forçaaaaaaaaaaaaaa, mô kamba!
Fui!

MN disse...

Caros amigos,

Obrigado pelo fôlego que inspiram! Sinto que fui injusto quando não referi nem agradeci todo o apoio que os ilustres amigos têm tido para comigo, com o blog e a causa (visitas, comentários, posts). Os alvos do post “Desabafos Angolanos… Crónicas de um fracasso… Será o fim???” são aqueles que o visitam, têm potencial e matéria para postar e simplesmente não tentam passar à prática. Sei que poderei contar, sempre que necessitar, com a vossa cooperação e espero que sintam o mesmo em relação ao M.N.!

Nunca foi minha intenção desistir apenas não me sinto capaz de, sozinho, actualizar este espaço com a habitual frequência!

Um abraço a todos e mais uma vez muitos agradecimentos,

MN

criacuervos disse...

olha só num desiste não, meu filho!!!

O q vc quer mudar o mundo com seu blog???

Acho q isso não vai acontecer...mas continue!!!

Kamia disse...

Caro MN, visito regularmente o seu blog, que considero ser uma ideia louvável e necessária.
Como não vivo de perto a realidade angolana, já que sou caboverdiana, não posso contribuir com posts dentro da tematica do blog. Comento menos vezes do que gostaria, muitas vezes com receio, pois sei que por vezes acontece que fazemos criticas ao nosso próprio país mas não aceitamos facilmente que estrangeiros façam a mesma coisa.
Tenho o teu link na minha lista de blogues e ás vezes discuto com colegas aquilo que leio aqui. Não sei se poderei fazer mais...
Contudo queria transmitir-te a minha solidariedade e dizer que compreendo a tua frustração. Mas continua com este belo trabalho que já foi recompensado e por certo continuará a sê-lo.

Um abraço

Silvio Vasconcellos disse...

te escrevo do Brasil, sempre atento ao outro lado do Atlântico, que resplandesce de verde, brilha no solo e contagia de alegria um povo que parece parte do meu.

Um abraço,

Sílvio

Anónimo disse...

Eu tenho uma opinião de que as eleições vãos-se realizar em dois momentos, legislativas em 2007 e Presidenciais em 2008.
Convido a ler e a comentar o meu blog em http://angolasempre.blog.com
Um abraço

Carlos Lopes