quarta-feira, fevereiro 1

Este mural de mascaras indígenas está, ou esteve, exposto num Bar de Luanda, espaço “Baía”.
..
Infelizmente é caro para a qualidade do serviço prestado mas o espaço em si e a sua localização são um deleite para quem lá for tomar um copo com amigos. Tem um terraço que proporciona uma vista agradável sobre a Marginal e a Baía de Luanda, com som ambiente gracioso.
.
Não sei se o mural faz parte da decoração da casa e poderá ser admirado sempre ou se, por feliz coincidência, estive lá na altura de uma qualquer exposição.

4 comentários:

Phwo disse...

Não vou aqui deixar o nome do proprietário, mas asseguro que não é da «família real», pois conheço bem (muito bem, mesmo)a família a quem pertence.
(MN: Estivemos ao mesmo tempo em Luanda e nem nos cruzamos...)
Um abraço e bem-vindo

MN disse...

PWO, talvez até nos tenhamos encontrado, ao acaso, num qualquer bar da capital, numa noite destas, ou numa qualquer praia entre Luanda e Benguela. Arrisco mesmo dizer que de certeza absoluta estivemos presos, em simultâneo, no trânsito caótico de Luanda. Quem sabe..?

Bem vinda amiga, já tinha saudades da PWO e dos banhos de cultura e história de Angola que o seu Blog me proporciona.
Bjs e abraços

Phwo disse...

Talvez, MN, talvez... no trânsito.
Ou entre Luanda e Benguela. Como gostei de repetir a viagem de carro, tantos anos depois!
Um bj para ti também.

paterhu disse...

Salvo uma ou outra mascara, de uma modo geral nao ha ali nada de especial.
No conjunto esta muito bem como decoracao.