sexta-feira, novembro 11

11 DE NOVEMBRO - PARABÉNS ANGOLA!!!


Angola festeja os 30 anos de Independência e a síntese dessa é um trágico e longo período de guerra civil que culminou com a morte do líder da Unita e chefe da guerrilha armada - Jonas Malheiro Savimbi -, trazendo a ansiada Paz e Reconciliação Nacional, mas que deixou um país destruído pela guerra, pela falta de manutenção e investimento das infraestruturas e pelos desvios maciços dos dinheiros públicos.
.
Hoje sabemos os erros cometidos no passado, mas o futuro é que interessa, enterrar os machados de guerra de uma vez por todas, pôr de lado as cores partidárias e levantar a Nação é dever de todos nós, sociedade e políticos. À sociedade pede-se: dinamismo, tolerância, participação na vida política e civismo. Aos políticos pede-se: altruísmo, competência, honestidade e transparência.
.
É dia de festa para os angolanos mas apenas a minoria tem motivos para festejar! 50% da população vive abaixo da pobreza, 30% vive no limiar e os outros 20% são abastados - maioritariamente ligados ao poder - Em Angola o desemprego é o maior emprego, os serviços públicos: Saúde, Educação, Administração Pública, e os serviços essenciais como: transportes públicos, água e luz para todos são uma miragem. Os mutilados de guerra e os deslocados vivem de esmolas de semáforo. Não existe separação dos poderes entre o partido no poder, a justiça, as forças armadas e a polícia… Quando o povo não elege os seus representantes é difícil haver motivos para festejar! Neste momento as elites estão a festejar enquanto o povo continua a mendigar.
.
O futuro político de Angola está agora nas mãos da Sociedade e dos principais Partidos Políticos, MPLA – Governo actual – e UNITA – Principal Partido de oposição – ambos desacreditados pelo povo porque um o roubou, e o outro o matou. A esperança está nas gerações futuras com sede de progresso e de igualdade num estado livre e democrático, varrendo de uma vez por todas a corrupção, a anarquia e os constantes abusos de poder.
.
Com a economia em crescimento graças aos sectores de Petróleos e Diamantes, esperamos que nos próximos anos a qualidade e o nível de vida dos angolanos cresça e que o progresso tanto desejado seja uma realidade pois passados 30 anos existem 2 sociedades em Angola, os CONFORMADOS: que são na generalidade os que enriqueceram em tempo de guerra, e por já terem sido comprados, calaram-se e acomodaram-se; e os INCONFORMADOS: que são os jovens e o povo em geral que precisam de casa e emprego, ou seja, um país com verdadeiras condições de vida.
Mas mesmo com tantas adversidades o povo angolano continua a resistir porque é da sua natureza, e esperançoso que o futuro trará dias melhores.
.
VIVA ANGOLA E OS ANGOLANOS!!!
PARABÉNS!

5 comentários:

Rosario Andrade disse...

PARABÉNS ANGOLA!
O futuro está prenhe de esperança... Angola tem tudo para ser um país prospero, assim seja!

Saudações de Inglaterra!

Abracicos!

Alexp disse...

Gostei muito do artigo, diz verdades profundas. Gostaria somente recordar ao autor que, A UNITA e o MPLA ambas sao desacreditados pelo povo (eu ate' ja' tivera sugeriro que, uma das maneiras para tentar aleviar esta imagem seria a mudança dos proprios nomes)enormemente porque, ambos assassinaram igualmente o povo; trairam angolanos, e cometeram o mais barbaro genocidio a propria terra. Mas existem algumas diferencias entre os dois partidos e os seus homens. Enquanto a Unita matou saqueou as riquezas do pais de modo bruto ou inclassico, o Mpla vez o mesmo mas classicamente, ludibriando os que dizia proteger (como alguem que roe e soupra ao mesmo tempo). E outra, a Unita roubou e teve um fim (com o fim da guerra), enquanto o Mpla intensificou os roubos de maneira exponencial deixando crianças, velhos e jovens a margem da sobrevivencia justificando suas açoes gratuitamente(um genocidio frio que actua nas maior da serenidade possivel). Digam-me, quem destes dois se revela a pior peste existente no paìs? E' verdade que ninguem deve sair impune e todos responderao pelos crimes cometidos (isso tarde ou cedo serà possivel); mas acredito que, cada um de nos ainda tem o minimo de racionalidade na sua mente para saber avaliar as coisas. Entao digam-me la': entre dois vulcoes, no qual, um se encontra em ativo e o outro em desativo ou consolidado, qual deles apresenta o maio perigo, aqule q ja' se consolidou ou o outro que ainda està por consolidar-se? Nao faço nenhuma militancia, atè porque, posso muito bem dar meo contributo e melhor, como cidadao Angolano, respeitando os meus ideais: todo homem è politico e, como tal, exerce algum poder sobre os outros. O universo partidario em Angola è grande, portanto, nas proximas eleiçoes darei concreteza a este meo poder que, naturalmente serà dado a quem que, pelo menos agora, demostra ser racional nos seus actos e nos seus projectos futuros.

ELCAlmeida disse...

E ainda há os DESESPERADOS. Aqueles que já começam a desesperar de ver o País sempre na línguas do povo (leia-se na Com. Social estrangeira) pelas piores situações.
Kandando
Eugénio Almeida

Anónimo disse...

Parabéns?? a kem? pelo k? onde?...parabéns pk os meus pais sairam de Angola há 30 anos pensando k iam ficar fora do país 2 ou 3 meses...e ficaram 30 anos?,parabéns pk jovens, tal como meus pais deram o seu contributo para a suposta independencia e nunca a puderam usufruir, ker pk morreram ou tiveram k se confinar ao exilio??parabéns pk a luta pela indepêndencia deu lugar a uma disputa tribal de ideologias?? assim sendo...de facto... parabéns!

Lazaro disse...

parabens para Nos angolanos, especialmente aos herois. Hoje sabemos os erros cometidos no passado, mas o futuro é que interessa, enterrar os machados de guerra de uma vez por todas, pôr de lado as cores partidárias e levantar a Nação é dever de todos nós, sociedade e políticos.
E sem mas delogangas quero realçar que estamos todos angolanos de parabens pela conquista....


por aqui passou lazaro Rufino Tchicuupi apartir do huambo mas concretamente no municipio Da caala